domingo, 28 de março de 2010

Escrete Canarinho

Visto que a história é formada por bons e maus monentos, esse post lembrará um episódio triste da história do Futebol Brasileiro, a final da Copa do Mundo de 1950 disputada no Brasil. A derrota para o Uruguai, ficou conhecida como Maracanazo, e marcou profundamente a vida dos jogadores brasileiros que estavam em campo naquela fatídica partida, principalmente o goleiro Barbosa e os jogadores Bigode e Juvenal que estavam diretamente envolvidos no gol da virada uruguaia, marcado por Ghiggia, que foram injustamente perseguidos e culpados durante toda vida. Pouco antes de morrer, o goleiro Barbosa disse: "No Brasil a pena máxima para um criminoso é de 30 anos, mas a minha já dura quase 50".
Dedico esse post a aquela equipe que plantou no coração do povo brasileiro a semente da vitória, apesar de no campo terem sido derrotados.  


(PDF)
(PNG)

Um comentário :

por Luciano Mano Negra (direto de Havana, Palestina) disse...

este é muito bonito, viu
a CBF que tinha que investir nessa cor, deixar superstição de lado

bom trabalho