quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Futebol Espanhol

Continuando com as postagens, a cartela de hoje é de um dos clubes mais trabicionais da Espanha, o Athletic Bilbao. Conhecido por ser um bastião da cultura basca (assim como o Barcelona á da catalã), o Athletic se orgulha por só contar com jogadores de origem basca. O embrião da regra surgiu em 1911 e era bem mais rígido: por um tempo, foram aceitos apenas jogadores da província de Biscaia, posteriormente passando a aceitar jogadores de províncias bascas vizinhas. Um novo abrandamento veio mais tarde, com o clube admitindo jogadores estrangeiros, desde que possuíssem origens bascas. Atualmente, o clube aceita estrangeiros sem raízes bascas, contanto que tenham sido educados na cultura basca. 
O Athletic é um dos dois clubes (o outro é o Real Madrid, em 1931/1932) que conseguiram ser campeões invictos na Liga Espanhola, alcançando esta marca na temporada 1929/1930, além de deter a maior goleada da história da Liga, obtida neste mesmo campeonato: 12x1 sobre o Barcelona e o maior goleador da história da Liga, Telmo Zarra, com 251 gols em 279 jogos, entre 1939 e 1955, sendo que Zarra também detém (em 1950/1951), junto com Hugo Sánchez, do Real, a marca de maior número de gols em um único campeonato: 38 gols. O ex-jogador Bata (em 1930/1931), junto com László Kubala, do Barcelona, (1951/1952), são os jogadores que mais marcaram gols em uma mesma partida (7).
O Athletic é um dos 3 clubes que jamais caíram para a segunda divisão (os outros são Real Madrid e Barcelona) e o terceiro maior pontuador da Liga em todos os tempos, somando-se os pontos conquistados em todas as temporadas. Segundo o ranking histórico mundial de clubes é, em termos de currículo, o 5º maior clube espanhol (atrás de Real Madrid, Barcelona, Valencia e Atlético de Madrid, respectivamente).




(PDF)
(PNG)

Nenhum comentário :