sexta-feira, 9 de março de 2012

Liga Francesa 2011/12

Continuando, hoje a cartela é do Brest. A fundação do Brest é rodeada de polêmica, mas ao que tudo indica, o clube foi fundado em 1950, quando cinco agremiações amadoras formadas por patronos de igrejas católicas (l'Armoricaine de Saint-Louis, l'Avenir de Saint-Martin, la Flamme du Pilier Rouge, la Milice de Saint-Michel et les Jeunes de Saint-Marc) se fundiram para criar o Brest. O nome Brest vem do bretão, língua de origem céltica falada na zona ocidental da Bretanha, onde se situa a sede da equipe. No entanto o bretão não possui estatuto oficial e é cada vez menos falado, mesmo na Bretanha. O Brest disputou apenas 12 vezes a 1ª divisão, contando a atual temporada. Nas décadas de 50, 60 e 70 figurou sempre em divisões inferiores. O auge do clube ocorreu na década de 80, quando só esteve ausente da elite nas temporadas 80/81 e 88/89. Na maior parte das vezes frequentou o meio da tabela, escapando do rebaixamento sem grandes sustos. Em 86/87, o time bretão teve sua melhor participação: 8º lugar. Nessa década se criaram alguns dos principais ídolos da torcida como o zagueiro Paul Le Guen (técnico de Camarões na Copa de 2010), atacante croata Drago Vabec (marcou 60 gols em 118 jogos entre 79 e 83) e o atacante argelino naturalizado francês, Gerard Buscher (marcou 57 gols em quatro temporadas no Brest). No Brest também atuou, na década de 80, o argentino Jorge Higuaín e disputou uma temporada pelo clube (87/88), durante esse período nasceu o seu filho Gonzalo Higuaín, atacante do Real madrid e da Seleção Argentina. Nessa temporada o Brest está na 12ª colocação na Ligue 1.



(PDF)
(PNG)

Nenhum comentário :