sábado, 31 de março de 2012

Liga Francesa 2011/12

Hoje é dia de postagem da Ligue 1, e a cartela de hoje é do Paris Saint-Germain ou PSG. O Paris Saint-Germain Football Club foi fundado no ano de 1970, após a fusão de dois clubes da capital francesa: o FC Paris e o Stade Saint-Germain, equipes que não dispunham de muito sucesso na Liga Francesa. A intenção da fusão era recolocar um time da capital em evidência, após as quedas de RC Paris, Estrela Vermelha Paris e Stade Francais, além de outros menos famosos até então.Depois disso, a cidade de Paris fez uma grande pressão na diretoria do novo clube para tirar a referência ‘Saint-Germain’. A parte profissional do clube se separou então e se juntou ao C.A. Montreuil. Como Paris FC, voltou à primeira divisão nacional. Já o Paris Saint-Germain, ainda como amador, disputou então a terceira divisão e logo subiu de divisão quando venceu a competição. Na temporada seguinte, foi vice da segunda divisão, subindo para a elite. O clube passou então a mandar suas partidas no mesmo estádio do Paris FC, o Parc des Princes, onde joga até hoje. Seu primeiro título francês foi na temporada 1985/86, com destaque para os jogadores Carlos Bianchi, Dominique Baratelli, Luis Fernandez, Dominique Bathenay e Dominique Rocheteau. Já na década de 1990 o clube foi arrendado pela emissora de TV Canal +, com o objetivo de se tornar competitivo e fazer frente ao Olympique de Marselha, maior campeão da época. Nesse peíodo o PSG contratou os brasileiros Raí, Ricardo Gomes e Valdo com o objetivo de se tornar uma das forças do futebol europeu, o que não aconteceu e a equipe só conquistou um Campeonato Francês na temporada 1993-94 e 3 Copas da França em 1993, 1995 e 1998. Nos anos posteriores o PSG contou com jogadores como Leonardo, Ginola, Weah, Okocha e Ronaldinho Gaúcho, mas não conseguiu projeção nas competiçoes européias. Nessa temporada, o clube foi comprado pelo fundo Qatar Investment Authority que adquiriu 70% das ações do clube e prometeu em 5 anos fazer do PSG uma potência, não só em França como na Europa. A primeira atitude tomada por Nasser Al-Khelaïfi (homem forte do fundo de investimento e novo Presidente) foi contratar Leonardo, que tem forte ligação com o PSG, para ser o diretor esportivo, e a partir daí o PSG partiu para a formação do time e contratou vários jogadores, com destaque para o argentino Javier Pastore (ex-Palermo), o uruguaio Diego Lugano (ex-Fenerbahce), o francês Jérémy Ménez (ex-Roma), o malinês Mohamed Sissoko (ex-Juventus e Liverpool) e o brasileiro Alex (ex-Santos e Chelsea) que se juntou a outro brasileiro que é destaque da equipe, o atacante Nenê (ex-Palmeiras e Santos). Para comandar essa constelação, o PSG contratou o italiano Carlo Ancelotti. Na temporada o PSG está brigando ponto-a-ponto com o Montpellier pela liderança e o Campeão só será definido nas últimas rodadas.



(PDF)
(PNG)

Nenhum comentário :