quarta-feira, 24 de junho de 2015

J-League 2015

Continuando com a J-League, a cartela de hoje é do Nagoya Grampus. Passada a difícil reestruturação de 2014, em que o Grampus brigou para não cair no primeiro semestre e se recuperou no segundo, Akira Nishino pôde respirar aliviado e continuar seu projeto de longo prazo, a exemplo do que fez durante dez anos no Gamba Osaka. O treinador havia prometido um estilo ofensivo, e pelo menos isso ele já cumpriu. Assim como o Gamba da década passada, o Nagoya de hoje marca e também sofre muitos gols. A preocupação é que o time foi o que menos contratou na J1. De possível titular, veio apenas o veterano Milivoje Novakovic (ex-Shimizu). A aquisição em definitivo de Kensuke Nagai do Standard Liège deve ser ainda mais comemorada, pois o atacante reencontrou seu melhor futebol no retorno ao Japão e pode até ser convocado para a seleção se manter o nível em 2015. Leandro Domingues e Kawamata, contratados no meio da temporada passada, são os jogadores-chave que podem fazer o time brigar por algo a mais no campeonato. A defesa não é o forte das equipes de Nishino e não é diferente com o Grampus. Seigo Narazaki (38 anos) e Marcus Tulio Tanaka (33) já deixaram para trás o auge de suas carreiras, e o atacante Kisho Yano deve se converter de vez em lateral direito. O volante Taishi Taguchi ganhou moral após ser chamado para o Japão de Aguirre e faz uma dupla sólida com o colombiano Danilson à frente da zaga. Se tivesse reforçado o sistema defensivo, dava para esperar mais do Nagoya em 2015. No mínimo, a torcida verá um time que joga para frente e continua a marcar gols.

Nenhum comentário :