sábado, 29 de agosto de 2015

J-League 2015

Continuando com os times da J-League, hoje é a vez do Vegalta Sendai. Quase rebaixado em 2014, a movimentação do Vegalta na janela de transferências indica mais um ano difícil pela frente. Susumu Watanabe, auxiliar desde 2005 mas que iniciou a carreira como técnico apenas ano passado (após a demissão do australiano Graham Arnold), terá pela frente sua primeira temporada desde o início. O elenco teve baixas consideráveis como o volante/zagueiro Makoto Kakuda (Kawasaki), o meia Yoshiaki Ota (Iwata) e os atacantes Yuki Muto (Urawa) e Shingo Akamine (Gamba). Os principais reforços são o atacante Hidetaka Kanazono (ex-Iwata) e o zagueiro Hirofumi Watanabe (ex-Kashiwa). De resto, entre jogadores que estavam na J2 ou eram reservas na J1, nada que empolgue o torcedor.  A posição de goleiro é um problema desde a saída de Takuto Hayashi. Kentaro Seki tem sido titular, mas pode perder o lugar para o recém-chegado Yuji Rokutan (ex-Marinos) ou o jovem Daniel Schmidt. Com a saída de Kakuda, a pressão aumenta em cima da zaga e Ryang Yong-Gi pode ter que jogar mais como volante do que como meia. Hiroaki Okuno (de volta de empréstimo do Nagasaki) deve herdar a vaga de Ota na meia direita. Wilson carrega a responsabilidade de comandar o ataque, mas ele terá que recuperar a boa fase dos anos anteriores - fez apenas quatro gols em 2014. Com uma defesa frágil e um ataque que tem sido pouco efetivo, o Vegalta já terá um ano positivo se não for rebaixado. No 1º Turno, o Vegalta Sendai ficou com a 7ª colocação e atualmente, depois de passadas 9 rodadas do 2º Turno, a euqipe está na penúltima colocação.
Fonte: Guia J-League 2015 GE 

Nenhum comentário :