quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Brasileirão 2015

Vou tentar adiantar as postagens, para ver se consigo terminar antes do final do Brasileirão. Hoje é a vez do Flamengo, que neste Brasileiro, foi um time em construção. Já em meio ao campeonato havia recebido reforços importantes, como os atacantes Paolo Guerrero e Emerson Sheik. Mais para o final do primeiro turno, chegou Ederson, para ser o tão desejado camisa 10. E antes que o segundo turno começasse o técnico Cristóvão foi demitido. O maior problema é que, em campo, os resultados demoram a aparecer. A equipe fechou o turno ocupando a 13ª posição, a apenas quatro pontos da zona de rebaixamento. O Flamengo também sofreu com lesões, como as do goleiro Paulo Victor, dos atacantes Marcelo Cirino e Paulinho e do lateral-esquerdo Armero. Logo nos primeiros jogos vestindo a camisa de seu novo clube, Paolo Guerrero e Emerson Sheik, companheiros desde os tempos do Corinthians, e também Ederson, ajudaram a mudar para melhor a cara do time que, no entanto, teve que se acostumar com o desfalque do peruano quando ele foi convocado para a seleção de seu país. Outro reforço, este menos badalado, é Kayke, atacante da base que retorna ao clube que o revelou após seis anos. Depois de 34 rodadas, o Flamengo ocupa a 11ª colocação.
Fonte: Guia PLACAR do Brasileirão 2015 - 2º Turno